• Bia Penha

a redoma de vidro: a depressão é silenciosa



Na primeira vez, ela chegou devagarinho sem que eu percebesse, quando parecia que tudo estava bem. E todas as vezes que ela vem, me coloca no canto e assume a minha vida. É assim que é a depressão, a protagonista do meu livro preferido.


A Redoma de Vidro é um romance que narra a vida de Ester Greenwood, uma jovem que vai estagiar escrevendo para uma revista de moda, em Nova York. A história se passa em uma época onde mulheres têm que ser “respeitosas” - com o mundo e consigo mesmas. Uma época em que a depressão era vista como loucura e tratada com internação e sessões de choque.


Depois de viver na cidade que nunca dorme, entre encontros com homens que não tocam o seu coração, drinks com poucas amigas, evitando festas badaladas e vivendo uma Nova York mais solitária, Ester volta para Boston desanimada com a vida e sem a aprovação no curso que almejava. Em uma virada quase imperceptível, ela perde o controle. Não do seu corpo, mas da sua alma. É como se a jovem estivesse presa em uma redoma de vidro com os seus demônios.


A depressão é feita de estágios, e o pior deles é quando é quando você passa a sentir falta de você, e os prazeres desaparecem. Aquela cerveja em um dia quente é recusada. A cama é seu novo lar. Seus sonhos se diluem em remédios para passar a dor. Dormir é quase impossível, e quando acontece se deseja não mais acordar. Até que chega um dia que já não se sente mais nada.


A depressão anula conquistas, esfrega na cara o quão sozinho se pode estar. E se ninguém se importa, o que resta? Ela sequestra tudo, por dentro e por fora. Joga quem alcançar no fundo dum poço e esquece lá. Não vou ser injusta. Ela também nos dá a chance de pedirmos ajuda, o problema é que a sociedade diz que pedir ajuda é para os fracos.


Redoma de Vidro é um livro muito realista por ser a mistura de uma ficção com a autobiografia de Sylvia Plath, a autora, que cometeu suicídio logo depois do lançamento do seu primeiro e único romance. Recomendo a leitura e a procura de um profissional, caso você esteja precisando.